ABPA na Mídia






06/11/2017

Abertura da África do Sul deve impulsionar exportações de ovos do Brasil

São Paulo, 06 de novembro de 2017 - O setor de ovos do Brasil deve ganhar novo impulso com a abertura do mercado sul-africano para os embarques de ovos in natura e processados produzidos pelo Brasil.  A afirmação é do presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, após divulgação feita hoje pelo Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, sobre a viabilização das vendas do produto para a África do Sul.

Conforme Turra, o mercado sul-africano ascendeu como potencial parceiro nos negócios de exportação do setor após a participação brasileira na Anuga, maior feira de alimentos do mundo.

“Durante o evento, fomos procurados por traders em busca de ovos brasileiros.  Há um recente aumento pela demanda do produto neste mercado, que já é um sólido parceiro das exportações de carne de aves e de suínos produzidos aqui no Brasil. Desde então, contatamos o ministério e manifestamos o interesse do nosso setor na abertura da África do Sul”, explica.

O setor de ovos do Brasil tem incrementado suas ações para expandir a atuação internacional.  Por meio de sua marca internacional Brazilian Egg, empresas associadas à ABPA participam de feiras internacionais e buscam viabilizar novas oportunidades para o setor.  Hoje, os Emirados Árabes Unidos são os principais importadores do segmento nacional.

“Há um excelente potencial para o Brasil se consolidar como grande exportador.  Neste contexto, há a expectativa de que a África do Sul gere novas oportunidades para o setor, expandindo sua pauta exportadora”, ressalta Turra.