ABPA na Mídia






22/01/2013

Bloco é um importante cliente das exportações brasileiras

São Paulo, 22 de janeiro de 2013 - A União Brasileira de Avicultura (UBABEF) recebeu hoje, de seu escritório em Bruxelas, um documento da Comissão Europeia intitulado “Perspectivas dos mercados agrícolas e ingressos na UE 2012-2022”.  E as projeções são de aumento das importações de carne de aves por parte dos países do bloco, um dos grandes clientes do produto brasileiro.

 Segundo o estudo, as importações de carne de aves dos países da União Europeia – que decresceram 3% entre janeiro e agosto de 2012, segundo as estatísticas da Comissão Europeia – irão aumentar até chegar ao total de 831 mil toneladas em 2022. O consumo per capita, por sua vez, cresceria 4,3%, em média, chegando a 24 quilos também em 2022.

 De acordo com as estatísticas da UBABEF, no ano de 2012 o Brasil embarcou 442 mil toneladas de carne de frango para os países da UE, com uma receita de US$ 1,184 bilhão de toneladas – um resultado inferior ao de 2011, devido à retração econômica em várias economias do bloco, mas respondendo pelo segundo maior mercado de destino das vendas brasileiras do produto.

 “As projeções da Comissão Europeia são animadoras para o Brasil, um tradicional fornecedor de carne de frango para os países da UE. Uma posição, aliás, que eleva o status de grife de nosso produto, já que o mercado europeu é extremamente exigente. E isto nos credencia muito na hora de abrir novos mercados”, destacou o presidente executivo da UBABEF, Francisco Turra.