ABPA na Mídia






01/08/2019

Especialista do ITAL orienta sobre inovação na ciência e tecnologia de alimentos e sua relação com o consumidor

Luis Madi apresenta palestra no Simpósio “Inovação — a disciplina da criação”

O consumidor tem, de uma certa forma, aceitado a inovação em diversos segmentos e áreas, como na informática, na comunicação, na farmácia e no transporte. No entanto, quando se trata de alimentos, ele tem uma certa resistência, talvez em razão de uma dificuldade de as empresas de alimentos e bebidas perceberem a mudança no sistema de comunicação, principalmente via mídias sociais.

“Nós do ITAL (Instituto de Tecnologia de Alimentos) e as empresas que trabalham com desenvolvimento de alimentos e bebidas chegamos a um ponto em que nunca a ciência esteve tão evoluída e o consumidor tão confuso. O grande desafio é: como você organiza esse fluxo de informação para que chegue de uma forma adequada ao consumidor?”, questiona o diretor de Assuntos Institucionais do ITAL, Luis Madi.

Ele será o responsável por apresentar a palestra “A Inovação na Ciência e Tecnologia de Alimentos e o Consumidor” durante o Simpósio “Inovação — a disciplina da criação”, parte da programação gratuita do SIAVS 2019, marcado para o dia 27 de agosto das 14h às 17h, e que reunirá grandes profissionais do setor para abordar o futuro da produção de alimentos.

Na visão do profissional, não adianta inovar e isso não ser percebido pelo consumidor como um benefício. Hoje, continua, quase ninguém fala de segurança dos alimentos, de inocuidade, e se não conseguir inovar, não tem uma melhoria de qualidade, tanto do produto como da sua importância na saúde do consumidor.

“A mentalidade de inovação surge a partir do momento em que se realiza projetos que tragam resultados mais concretos, mais específicos, e não simplesmente publicações de trabalhos. Quando você faz o processo da inovação? Você tem que ter o que gosto de chamar de ‘output’, o que no nosso caso é um ingrediente, um produto, um processo ou uma embalagem. Se não há concretização, é ‘paper’, fica no campo das ideias. Conhecimento tornou-se commodity e a dificuldade está em transformá-lo em tecnologia”, finaliza o especialista.

SERVIÇO

Local: SIAVS – Anhembi Parque – SALA 3

Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1209 – Portão 1 – Santana, São Paulo (SP)

Horário: das 14h às 17h

Mais informações: phibro.marketing@pahc.com

SOBRE O EVENTO - Parte da programação do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS), o Simpósio “Inovação — a disciplina da criação” recebe no dia 27 de agosto, a partir das 14h, grandes nomes do agronegócio para abordar o futuro da produção de alimentos. Estão confirmados José Luiz Tejon e Victor Megido, da Biomarketing; Claire Sarantopoulos e Luis Madi, do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL); e Márcio Milan, da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). O encontro é realizado pela Revista feed&food junto à Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Phibro Saúde Animal, Biomarketing Publicidade e Consultoria e TCA Internacional.

SOBRE O SIAVS - O SIAVS, marcado para os dias 27 a 29 de agosto, é o maior evento da avicultura e da suinocultura do Brasil. O encontro traz diversos lançamentos voltados para a cadeia produtiva, oportunidade para quem busca investir em novas tecnologias para a produção. Entre compradores, técnicos, pesquisadores, consultores, estudantes, lideranças políticas e setoriais, são esperados milhares de participantes do Brasil e de outros países. O SIAVS conta também com a mais completa programação técnico-científica e político-conjuntural dos setores. Especialistas nacionais e internacionais são presença confirmada nos debates.