ABPA na Mídia






25/06/2013

UBABEF e avicultura argentina debatem acordos bilaterais e prevenção à Influenza Aviária

O presidente executivo da União Brasileira de Avicultura (UBABEF), Francisco Turra, participou hoje de encontro com o presidente da Associação Latinoamericana de Avicultura (ALA) e do Centro de Empresas Processadoras Avícolas (CEPA) da Argentina, Roberto Domenech.  O encontro aconteceu na sede da CEPA, em Buenos Aires (Argentina).
Em encontro que contou com a presença de empresários de agroindústrias produtoras e exportadoras argentinas, Turra destacou a necessidade do fortalecimento de um trabalho com o objetivo de blindar os países da América Latina com relação à ocorrência de focos de Influenza Aviária, especialmente após o registro de novas variedades, como o H7N9, recentemente descoberto na China.
“A sanidade é um dos bens mais valiosos da produção avícola do continente, especialmente para os países do Mercosul, onde nunca houve registro de casos de Influenza Aviária.   Nesse sentido, a ALA promoverá em julho uma grande reunião, com participação de técnicos do governo e da iniciativa privada de cada país-membro, para constituir um plano de defesa continental”, destaca Turra, que também é vice-presidente da ALA.
Além da sanidade, o incremento das exportações de Brasil e Argentina também fez parte da pauta do encontro, como a abertura do mercado mexicano para a exportação de produtos avícolas dos dois países.  O ponto alto da reunião ficou por conta dos debates pela constituição de acordos bilaterais para ampliação do comércio internacional.
“Foi comum a inquietação de todos com relação ao isolamento enfrentado por ambos os países com relação aos acordos que estão firmados pelo mundo, algo que é especialmente ruim para a iniciativa privada brasileira e argentina.  Por esse motivo, vamos trabalhar em prol da constituição de acordos que aconteçam mesmo sem a adesão de todos os países-membros do Mercosul”, destaca o presidente da UBABEF.