ABPA na Mídia






01/06/2018

NOTA À IMPRENSA - Retomada da Atividade na Avicultura e da Suinocultura

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informa que 163 unidades frigoríficas de todos o país relataram o reinício das atividades até esta sexta-feira (01/06), após a suspensão do abate e processamento como consequência direta da greve dos caminhoneiros.

A expectativa é que, até a próxima semana, todas as agroindústrias produtoras e processadoras da avicultura e da suinocultura restabeleçam as atividades.

A retomada acontecerá de forma gradativa.  O setor espera que a produção recupere os padrões normais em 60 dias, para garantir a preservação da qualidade dos produtos que chegam ao consumidor.

Os pontos onde ocorreram falta grave de ração estão sendo supridos.  Até a próxima semana, os níveis de abastecimento de alimentos nas granjas deverão voltar à normalidade.

Também ao longo dos próximos dias, representantes das agroindústrias farão levantamentos dos prejuízos acumulados neste período de greve.  A expectativa inicial é de mais de R$ 3 bilhões, entre perdas de comercialização no mercado interno, animal mortos, custos logísticos, perdas de contrato na exportação e outros.

Como a ABPA já havia alertado desde o início dos bloqueios nas estradas, faltarão produtos de aves, suínos e ovos nos supermercados e outros pontos de venda, até que a produção e a distribuição sejam completamente restauradas.  

Neste sentido, a agroindústria da avicultura e da suinocultura do Brasil envidará todos os esforços para a retomada dos níveis de estoques no prazo mais curto possível, em prol da garantia da qualidade do produto e da segurança alimentar da população.